Estrutura, processo, função e forma: uma aplicação na área urbana de Mamborê/PR

A teoria proposta por Milton Santos (1982) para análise da totalidade espacializada é bastante utilizada por vários pesquisadores das ciências sociais. Neste trabalho escolar foram analisadas quatro imagens de períodos distintos, levando em conta processos históricos ocorridos de aproximadamente 1960 até os dias atuais. Num mesmo espaço (atual rua Guadalajara, 645 – Centro) diversas mudanças no que se diz respeito a forma de organização espacial adotada.

1960. No início da década de 1960, foi construído o prédio que, inicialmente pertenceria à comunidade ucraniana, mas passou a abrigar o Educandário Sagrado Coração de Jesus, sob a responsabilidade das irmãs da Congregação Filhas do Amor Divino, procedentes do Rio Grande do Sul. Na figura 1, tem se uma imagem que demonstra uma forma meio que esquelética do que seria o educandário com diversas janelas, telhado ainda incompleto. Através de uma observada na forma podemos ver o estilo de construção ucraíno, os veículos de época, as pessoas e certo isolamento dessa construção. Observando o contexto histórico, neste período o centro da cidade era outro local, assim a localidade do educandário era periferia.

Fig.1- Educandário Sagrado Coração de Jesus Fotografia cedida por: Vilson Olipa.

A função segundo CORRÊA (1986), Milton Santos atribui que “implica uma tarefa, atividade ou papel a ser desempenhado pelo objeto criado. Assim, este tem um aspecto exterior, visível – a forma – e desempenha uma atividade – a função.” Após esta definição CORREA, complementa que não existe função sem que esta tenha uma forma, por isso não dá para separar as duas, pois se complementam.

Naquele momento histórico, aquele determinado espaço era ocupado por uma forma (educandário), este tinha como função transmitir ensino para os primeiros povoadores de Mamborê. Foi uma estrutura socialmente construída e elaborada num momento em que as condições econômicas e sociais do município estavam se engatinhando. Durante certo período o educandário passava por processos de formação de alunos, de certa forma promovendo “uma ajuda” no sentido de melhorar a qualidade de vida da população.

1971. No dia 20 de novembro de 1971, o Educandário é totalmente destruído pelo fogo, provavelmente provocado por problemas na instalação elétrica.. ( Figura 2) Quando houve o incêndio , houve por conseqüência a destruição da forma ( queimada) assim a função, a estrutura e o processo que aí existiam tiveram que ser transferidos para outra localidade, ou seja, parou por um tempo. Foi realizada tentativa de reconstrução, porém não deu certo.

Fig. 2 – Incêndio no educandário Sagrado Coração de Jesus . Foto cedida por: Vilson Olipa.

Fim da década de 1970. Alguns anos mais tarde (final da década de 1970 e início da de 1980) o poder público resolve construir a sede do executivo municipal naquele espaço. Com essa mudança, modificam-se também os elementos da forma, função.

Fig.3 - Prefeitura Municipal em construção. Foto cedida por: Vilson Olipa.

Nesse estágio, conforme a figura 3, não se tem uma forma bem definida ainda. Apresenta como função inicial no âmbito social para o emprego de mão de obra, empregando diversas pessoas; por meio da compra de materiais de construção beneficiou lojas de construção; por meio da aquisição dos terrenos, beneficiaram-se os proprietários dos lotes. Sua estrutura foi organizada, num momento em que a sociedade mamboreense estava se dispersando no espaço urbano, e assim houve uma migração transformando a periferia em centro.
Hoje. Num quarto momento aparece a obra concluída, conforme fotografia retirada em recentemente. (figura 4). Nela , a forma pode ser observada no desenho do telhado ( forma diferenciada de arquitetura), na existência de dois andares, no jardim, etc. A função modifica-se novamente agora este espaço está voltado para a administração pública municipal, vista no poder executivo.

Fig.4 - Prefeitura Municipal (ano de 2009). Foto cedida por: Vilson Olipa.

A estrutura política gerada através da forma e da função possibilitou ao município a ter um melhor gerenciamento de suas atividades. Considerando esta estrutura, ela vai causar processos de mudanças em praticamente todo espaço urbano (e rural do município) , pois a sua função esta relacionada a toda área urbana.

Considerações finais. As relações existentes entre o espaço e seu principal habitante, o ser humano, ficam bastante ‘clarificados’ quando se compara historicamente as mudanças ocorridas no espaço. A partir da análise de quatro fotografias foi possível retirar uma grande variação na organização do espaço e nas relações dialéticas existentes entre processo, estrutura, função e forma. Pode- se ver que em período pequeno de tempo ocorreram grandes mudanças, no local analisado. Em pouco mais de quarenta anos houve total mudança, se levado em consideração a teoria de Milton Santos. Inicialmente educandário, depois sofre um incêndio, inicia-se um processo de construção de uma nova forma (prédio público- prefeitura) , que abrigou uma nova estrutura (político –administrativa), com uma nova função (gerenciar o espaço urbano).

REFERÊNCIAS
SANTOS, .Milton. Pensando o espaço do homem . São Paulo: Hucitec, 1982.
CORRÊA, Roberto Lobato. Região e organização espacial. São Paulo: Ática, 1986.
OLIPA, Vilson. História de Mamborê.Prefeitura Municipal de Mamborê, 1998.

* Agradecimento especial à Vilson Olipa que gentilmente cedeu as imagens para este trabalho. Inclusive, mais algumas imagens históricas podem ser conferidas no site: http://www.trnoticias.com.br/ ,

Leia também:

Como Surgiram as primeiras cidades? 

“Leituras urbanas” sugestão de livros eletrônicos gratuitos disponibilizados pela FFLCH Edições.

Como surgiram os primeiros parques urbanos?

Acompanhe também nossa página de Geografia.

Outros post relacionados à cidade de Mamborê.

3 comentários sobre “Estrutura, processo, função e forma: uma aplicação na área urbana de Mamborê/PR

    • Jeferson, obrigado pelo comentário. As fotos foram obtidas com o Vilson Olipa que cedeu as fotos para um trabalho escolar que entreguei na faculdade. Mais fotos históricas de Mamborê podem ser conseguidas no portal: TR Noticias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s