Giro histórico: O pioneirismo no município de Mamborê

A história é êmula do tempo, repositório dos fatos, testemunha do passado, exemplo do presente, advertência do futuro.
(Miguel de Cervantes)

Quem trouxe o primeiro carro para Mamborê? e a carroça? Quem foi o primeiro padre? Professora, padeiro,comerciante…..? Afinal quem são os pioneiros do município de Mamborê? Em post’s anteriores escrevemos sobre a história de Mamborê- PR, assim como destacamos  o trabalho realizado por pesquisadores e estudantes acerca da historiografia local. O documento abaixo encontrei na Biblioteca Pública Municipal de Mamborê e achei bastante interessante pois destaca quem foram os pioneiros nos mais diversos ramos de comércio e serviços no município.

  • Primeiro automóvel – Arthur Hort
  • Primeiro cartório – Sr. Paulino Ferreira Messias
  • Primeiro bar e sorveteria – Sr. Manoel Francisco da Silva
  • Primeiro sapateiro – Sr. Miguel Amaral
  • Primeiro Fotógrafo – Sr. Daniel Miranda
  • Primeiro Dentista – Dr. Artur Hort
  • Primeiro Posto de gasolina – Sr. Joaquim Vilela
  • Primeiro Agente de Correio – Sr. Daniel Miranda
  • Primeiro Gerador de Energia – Sr. Nelson Chiminácio
  • Primeiro Açougue – Sr. Reinaldo Ekstein
  • Primeiro Jornal Local – “A opinião” sendo seu diretor o Sr. Luiz Celso Dantas e redator chefe o Sr. Irajá Pereira Messias
  • Primeiro Clube feminino – “Flores do sertão” tendo como presidente a Sr. Leonira de Lima Carignanano
  • Primeiro Clube social esportivo – “C.C. Guarani” sendo que seu primeiro presidente foi o Sr. Ricardo Kauffmann
  • Primeiro prefeito nomeado- Sr Nelson Chiminácio
  • Primeiro prefeito eleito – Sr. Ernesto Carlos Look
  • Primeiro vice-prefeito- Sr. Eduardo Malmstron (Doca)
  • Primeiro Médico Bioquímico – Dr. Carlos Bendz
  • Primeiro Padre – Sr. Aloisio Giacobbe
  • Primeiros comerciantes – Srs.: Daniel Miranda, Augusto Mendes dos Santos, Edmundo Malmstrow, Alderico Mendes de Oliveira, Manoel Francisco da Silva, José Golon, Joaquim Vilela, Florindo Bagucheski e Theodomiro Tiburcio.
  • Primeiros médicos radicados na cidade – Dr. Antonio Germano Wünche e Dr. João Antonio Zanata
  • Primeiros farmacêuticos- Srs.: Manoel de Jesus e João Seratiuk
  • Primeiros caminhões – Srs.: José posolam, Theodomiro Tiburcio, Oscar Macagman e Samuel Saraiva Ferreira.
  • Primeiros professores particulares – Srs.: Antonio Gomes, João Pires, Leonardo Batista e Joanina Correia Oliveira.
  • Primeira carroça – Sr. Daniel Miranda
  • Primeira pensão – Sr. Manoel Francisco da Silva e Filhos
  • Primeira Padaria – Sr. Joaquim Souza (Juca Padeiro)
  • Primeira Serraria – Sr. Ricardo Kauffmann
  • Primeira Rainha do Carnaval (1957) – Srta. Claudemira Tiburcio
  • Primeira Igreja Católica Ucraniana- “Igreja Santa Ana”, fundada no local onde hoje é a Prefeitura Municipal
  • Primeira Igreja Católica- “Igreja Imaculada Conceição” fundada no local onde hoje é a Praça das Flores.
  • Primeiras professoras estaduais – Sra. Vanda Richer Radesk, Sra. Odila Connor Portugal e Leonira de Lima Cargnun
  • Primeira diretora estadual – Sr. Ione M. Martins
  • Primeira professora na área rural – Sra. Wanda Penchowski (Água Grande)
  • Primeira missa celebrada – Foram nos sítios dos pioneiros ucranianos, sendo as primeiras missas celebradas nas propriedades dos irmãos Felema: João e Alexandre.
REFERÊNCIAS
Distrito de Mamborê. In: Como se originou o município. Pastas das administrações do Município- Gestão Sr. Ivo Bruneta. Disponível na Biblioteca Pública Municipal Daniel Miranda- Mamborê-PR.
União e Ação: Transformar Mamborê no lugar Ideal para se viver/ Diagnóstico Municipal Participativo. Elaborado por membros do Fórum de desenvolvimento de Mamborê. Disponível na Biblioteca Pública Municipal Daniel Miranda- Mamborê-PR.

Conhece algo bacana aí em sua cidade também que queira compartilhar? Mora em Mamborê e sabe de alguma outra curiosidade? Discorda de algo? Dê a  sua opinião.

3 comentários sobre “Giro histórico: O pioneirismo no município de Mamborê

    • Obrigado pelo seu comentário Demilso. Realmente a cidade está mais bonita mesmo e, com certeza isso só foi possível por meio do trabalho dos diversos personagens que passaram pelo cenário da história urbana de Mamborê, inclusive a família Miranda. Abç!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s