Painéis e resumos sobre parques urbanos

Durante o período de 2010/2011 estive trabalhando conjuntamente com os professores Marcos Clair Bovo e Ricardo Luiz Töws a respeito de um trabalho de iniciação científica (NUPEM/FECILCAM) intitulado: Parque do Lago de Mamborê/PR: Uma Análise Investigativa da Proposta de Implantação e Execução das Obras Sobre a Ótica dos Mamboreenses. Abaixo os dois painéis e resumos apresentados no decorrer do Programa de Iniciação Científica.

 Painel apresentado no V EPCT:

Painel publicado no V EPCT

PARQUE DO LAGO DE MAMBORÊ/PR: UMA ANÁLISE INVESTIGATIVA DA PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO E EXECUÇÃO DAS OBRAS SOBRE A ÓTICA DOS MAMBOREENSES

LIMA, Jonas Henrique Moura de, PICV, FECILCAM
BOVO, Marcos Clair (OR) FECILCAM
TÖWS, Ricardo Luiz (CO-OR) FECILCAM

A construção e gestão de parque urbano público envolve uma série de fatores, sociais, econômicos e ambientais que precisam ser analisados durante a sua implementação. O interesse pelo estudo dessa temática se deve à proposta de implantação do Parque do Lago em Mamborê–PR. Considerando a importância desse equipamento urbano, a pesquisa tem por objetivo analisar e avaliar a presente proposta destacando as contribuições para a melhoria da qualidade de vida população mamboreense. É neste contexto que iniciamos pesquisa por meio de retrospecto conceitual referente aos parques urbanos, seguido do resgate histórico, da evolução dos parques e de suas respectivas funções. Nesta análise buscamos autores como KLIASS (1993), BOVO e AMORIM (2009), BOVO (2009), MACEDO E SAKATA (2003), LOBODA e DE ANGELIS (2005). Na sequência serão analisados documentos da Prefeitura Municipal de Mamborê referentes à implantação do Parque, seguido de entrevistas com questões abertas a serem aplicadas aos habitantes da área urbana do município, bem como o registro fotográfico da obra que se encontra em execução. Todo esse conjunto  de atividades a serem realizadas tem a finalidade de detectar como os mamboreenses vêem a construção e implantação  desta área verde, além de propiciar um melhor uso  desta área por parte  dos setores público e privado. Unido à proposta, aos objetivos e a metodologia procuramos por meio do referido painel explorar algumas dimensões, buscando inter-relacionar os aspectos econômico, social, ambiental e o estético.

REFERÊNCIAS: [Anais do] V Encontro de Produção Científica e Tecnológica: 26 a 29 de outubro de 2010/Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão/Núcleo de Pesquisa Multidisciplinar. Campo Mourão: FECILCAM/NUPEM, 2010. (Org. Alessandra Augusta Pereira da Silva).

 Painel apresentado no I SEURB:

Painel Publicado no I SEURB

 PARQUES URBANOS: A RE (PRODUÇÃO) DAS DIFERENTES IMAGENS NO DECURSO HISTÓRICO[1]

LIMA, Jonas H. M. de[2]

BOVO, Marcos Clair [3]

TÖWS, Ricardo Luiz[4]

 RESUMO

Esta pesquisa tem por objetivo apresentar um retrospecto histórico da evolução dos parques urbanos através da história, destacando as diferentes funções e usos das áreas verdes urbanas para a sociedade. Neste sentido, a pesquisa é de cunho teórica e encontra-se fundamentada nos seguintes pesquisadores Freiber (2004), De Angelis & Loboda (2005) e Silva (2003). É neste contexto, que pesquisadores afirmam que as origens dos parques urbanos estão ligadas inicialmente a elementos mítico-religiosos, apontando o “paraíso” do Gênesis bíblico passando por mitos e lendas até chegar aos tempos modernos. Para esses pesquisadores as áreas verdes urbanas têm forte ligação com a arte da jardinocultura que surgiu, independentemente em dois lugares: Egito e China. Na China surge com sentido religioso e filosófico, onde cada elemento tem seu significado próprio (simbologia). Já os jardins do Egito, que influenciaram todo o mundo ocidental, tinham, inicialmente, a função principal de amenizar o forte calor das residências. É no final do século XVII com o aumento da insalubridade nas cidades européias e com os primórdios da Revolução Industrial que surgiram filosofias favoráveis ao surgimento de novas relações da natureza com a sociedade, diminuindo o teor antropocêntrico dominante até aquele momento. Já no decorrer do século XX novas funções são adicionadas às antigas surgindo novas denominações como Parque ecológico e Parque Temático. No Brasil os primeiros grandes parques foram construídos após a vinda da família real portuguesa, sendo inicialmente bastante elitizados. Porém foi nas décadas de 1920 e 1930 que ocorreu grande crescimento dos espaços urbanos e os parques passaram a ser mais democráticos, sendo frequentados por pessoas de diferentes classes sociais, além de apresentar um estilo mais nacionalista.

Palavras-chave: Áreas verdes; Parques Urbanos; Espaço urbano.

REFERÊNCIAS: [Anais do] SEURB LINK


[1] Eixo Temático: Memória Urbana, Memória das cidades

[2]Acadêmico do curso de Graduação de Geografia Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão (FECILCAM) – Participante do Programa de Iniciação Científica (PIC – FECILCAM) – Membro do Grupo de Estudos Urbanos da FECILCAM-GEURF.

[3]Professor Adjunto do Curso de Graduação em Geografia da Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão (FECILCAM), membro do Grupo de Estudos Urbanos da FECILCAM-GEURF.

[4] Professor Ms. Do Curso de Graduação em Geografia da Faculdade Estadual de Ciências e Letras de Campo Mourão (FECILCAM). Membro do Grupo de Estudos Urbanos da FECILCAM – GEURF.

 Leia também

Mamborê através da memória da população

Turismo – Conheça a Comunidade Gavião – Mamborê  

“Leituras urbanas” sugestão de livros eletrônicos gratuitos disponibilizados pela FFLCH Edições.

Estrutura, processo, função e forma: uma aplicação na área urbana de Mamborê/PR

Como surgiram os primeiros parques urbanos?

Acompanhe também nossa página de Geografia.

Outros post relacionados à cidade de Mamborê.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s