Paradigmas do capitalismo agrário em questão (Ricardo Abramovay)

Este  livro recebeu o prêmio Melhor Tese de Doutorado,VII Concurso ANPOCS de Teses Universitárias e Obras Científicas, 1991.

De onde vem os alimentos que estão na mesa dos brasileiros?

De onde vem os alimentos que estão na mesa dos brasileiros? Foto: Santos, Manoel, 2009.

Ricardo Abramovay em seu livro defende que as unidades de pequeno porte, alto volume de produção e elevada produtividade existentes nos ‘países desenvolvidos’ descendem do campesinato tradicional, mas não tem nada a ver com ele. Abramovay denomina estas propriedades de agricultura familiar, e acredita que esta agricultura não pode ser explicada por sua herança histórica camponesa, pois a ação do Estado capitalista foi determinante para sua existência.

A partir disso ele procura diferenciar o conceito de agricultura familiar de outras ambigüidades, principalmente ao conceito de camponês. Após delimitar o que é campesinato o autor procura estudar a estrutura social da agricultura no capitalismo avançado. Ao final, Abramovay pretende contribuir com o surgimento de novos questionamentos que extrapolem os conceitos clássicos marxistas.

No decorrer da obra, Abramovay destaca a falta de uma teoria marxista da questão agrária. Então busca fora do marxismo aprofundar o conhecimento do campesinato com Chayanov e economistas clássicos. Enquanto na primeira parte de seu livro Abramovay ofereceu as principais características do campesinato, na segunda parte (capítulos 5, 6,7 e 8) procurou trazer novas referências para o estudo da questão agrária destacando fenômenos mais recentes como, por exemplo, a modernização da agricultura, reestruturação social no meio agrário e ação do Estado nas políticas voltadas à agricultura capitalista.

Ao fim de seu livro Abramovay denuncia o fato de a agricultura brasileira permanecer atrasada  com relação aos países desenvolvidos ( o excesso de trabalho  pouco produtivo, as terras subutilizadas, caráter desigual de desenvolvimento) por não ter procurado enfrentar o problema agrário de maneira mais concreta.

Sobre o autor:  Ricardo Abramovay

Adquira o livro: Editora da Unicamp

Veja no Google Livros

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
ABRAMOVAY, Ricardo. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. São Paulo-Rio de Janeiro-Campinas: Editora Hucitec, ANPOCS, Editora da Unicamp, 1992.

Um comentário sobre “Paradigmas do capitalismo agrário em questão (Ricardo Abramovay)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s