Experiências do estágio no Ensino médio

No ano de 2011 formamos uma equipe para trabalhamos uma atividade diferenciada com alunos do ensino médio de uma escola de Campo Mourão, procurando unir a prática com a teoria. O tema que escolhemos foi a industrialização da cidade de Campo Mourão (Pólo regional de alimentos da nossa região aqui no Paraná) com enfoque especial à mais conhecida empresa mourãoense: a COAMO. Como resultado da experiência pudemos ficar bem perto dos desafios enfrentados pelo profissional da educação pública nas séries do ensino médio.

Como foi nosso estágio?

O estágio em Geografia ocorreu primeiramente em todos os níveis do ensino médio durante a observação e assistência à docência. Cerca de 10 horas/aula observando e auxiliando professores do período noturno e do matutino. De manhã, a maior dificuldade foi o comportamento das turmas, geralmente bastante numerosas. Durante a noite, apesar das classes apresentarem poucos alunos, havia grande dificuldade no andamento dos conteúdos, pois dificilmente chegavam em sala de aula no horário correto (a maioria trabalha durante todo o dia).

Depois dessa primeira etapa trabalhamos com a regência e docência. Esta ocorreu após planejamento prévio das atividades e dos conteúdos a serem trabalhados em sala de aula. Deve-se destacar o apoio dos docentes durante a execução das atividades, que sempre buscavam colaborar com o planejamento das aulas sugerindo as maneiras mais adequadas para se trabalhar os conteúdos. Trabalhou-se durante dez horas/aulas com vídeos, textos, explanação de conteúdo e uso dos recursos cartográficos, sendo finalizadas as atividades com a aplicação de uma avaliação para detectar a apreensão dos alunos aos novos conteúdos. No terceiro bimestre ocorreu a última etapa do Estágio Supervisionado com a elaboração e aplicação de um projeto com os alunos do primeiro ano matutino.

Aplicação de projeto prático

Desenvolvemos um projeto buscando fazer uma análise investigatória da localização de algumas indústrias de Campo Mourão utilizando de uma proposta de estudo do Meio. A primeira etapa foi marcada pela apresentação do projeto aos alunos, seguido da aplicação de questionários pra verificar se os alunos tinham alguma ligação com alguma atividade industrial.

Na aula seguinte destrinchamos a temática “Industrialização: conceitos, história e desenvolvimento”, relatando sobre os conceitos de industrialização, o seu desenvolvimento no Brasil, Paraná e Campo Mourão (aquela ideia de integrar o todo ao local). Posteriormente, o docente universitário aposentado Jarder Libório de Ávila elencou aos alunos o resultado de sua dissertação de mestrado (A COAMO e sua Influência no Desenvolvimento Geoeconômico da Região da COMCAM). Por fim, a última etapa de aplicação do projeto de pesquisa foi uma visita in locu no Parque industrial da COAMO, com o objetivo de aproximar a prática com a teoria apresentada aos alunos. Foram visitadas as Fábricas de farelo de Soja, óleo vegetal, margarina e beneficiamento de café.

Para finalizar a atividade, os grupos de alunos que haviam sido formados para realizar as entrevistas, apresentaram os resultados de suas pesquisas e puderam também aliar a teoria com a prática. Para os alunos, aguçou a curiosidade dos mesmos para poder entender o funcionamento de uma empresa que leva o nome do município para boa parte do país e que faz parte do cotidiano familiar deles mesmos.

Nossas conclusões e pré- resultados

Comprovou-se com a aplicação deste projeto que a construção de novos espaços e novas metodologias de ensino é de grande importância uma vez que os alunos foram a campo conheceram uma indústria de seu município além de poder, por meio dos questionários ir a campo, pesquisar a realidade e construir conceitos próprios da realidade. Contudo, esta atividade exigiu planejamento, empenho e dedicação de toda equipe de estagiários. Além disso, deve-se reconhecer que sem o apoio dos professores, funcionários e interesse dos alunos esta atividade seria humanamente impossível.

Referências

CAVALCANTI, Lana de Souza. Concepções teóricas e elementos da prática de ensino de geografia. In: CAVALCANTI, Lana de Souza. Geografia e Práticas de Ensino. Goiânia: Alternativa, 2002. P.11 à 27.

ÁVILA, Jáder Libório de. A COAMO e o desenvolvimento geoeconômico da região de Campo Mourão. [Disertação Mestrado em Geografia, Universidade Estadual de Maringá] Maringá: UEM, 2002.

LOPES, Claudivan Sanches. O professor de geografia e seus saberes profissionais: reflexões para debate. [Palestra ocorrida em 18 de agosto de 2011]

PÁTARO, Ricardo Fernandes. A questão da indisciplina no estágio curricular supervisionado: considerações sobre o cotidiano, o diálogo e a construção de valores. [Palestra ocorrida em 20 de abril de 2011]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s