Fim de semana em Foz do Iguaçu

Visitar Foz do Iguaçu era um sonho de longa data. Conhecer as Cataratas e Itaipu pareciam ser um grande desafio por dois motivos principais: não tínhamos ideia do custo da viagem e não sabíamos onde ficar (lugar com bom custo benefício).

Em um fim de semana, do nada, nossos pais disseram: O que vocês acham da gente ir fim de semana para Foz? Eu e minha irmã ficamos surpresos, mas, por que não ir? E fomos montando nosso roteiro, buscando onde ir, ficar e conhecer em apenas dois dias(sábado e domingo). O grande desafio se transformou numa grande viagem.

HOSPEDAGEM

Ficamos na pousada Café Brasil,  lugar simples, familiar e atendimento de primeira. Administrado pelo casal Fabiana e Pedro, o local possui quarto para até 4 pessoas, ar condicionado, TV, café da manhã (simples, mas suficiente), uma pequena piscina, entrada com aconchegante sala de espera, além de estacionamento e wifi. Tudo isso por menos de R$ 180,00/dia. Além de tudo, o casal nos indicou lugares e deu dicas de como aproveitar melhor nossa estadia. Assim conhecemos três lugares em dois dias: Cataratas do Iguaçu, Zoológico Bosque Guarani, Ciudad del Este e Itaipu.

A pousada fica a duas quadras da rodoviária e da avenida JK onde tem um excelente restaurante dentro do Hiper Muffato com comida caseira (aproximadamente R$ 25,00/kg). Perto das 09:00h da manhã de sábado fomos conhecer o Zoológico. Entrada gratuita, com algumas aves, jacarés, tartarugas, felinos e macacos. Um lugar limpo, organizado e agradável. Saímos de lá perto das 11:00h.

CATARATAS DO IGUAÇU

Depois do almoço, próximo das 13:00h pegamos um ônibus (cerca de R$ 2,00) até o parque. O pessoal da pousada nos alertou que se fôssemos de carro seria necessário desembolsar cerca de R$ 17,00 para o estacionamento, por isso o ônibus foi a alternativa mais viável. Além disso pudemos ver melhor o lugar e conversar com pessoas que moram no local. Inclusive uma senhora muito simpática que trabalha no setor hoteleiro nos disse durante o trajeto que tem muito serviço pra pouca mão de obra. Ela mesma estava recebendo o seguro desemprego e já recebeu duas propostas de trabalho logo nos primeiros dias que esteve sem trabalhar. Outro rapaz que estava próximo aproveitou para ofertar passeio de helicóptero e de barcos infláveis (Macuco Safari) nas Cataratas.Opção interessante pra quem tem uma grana sobrando.

Vista parcial da entrada do parque

Ao chegar ao parque visualizamos uma belíssima entrada. De lá seguimos para o guichê de pagamento dos serviços do parque. Pouco tempo depois, parou o ônibus que nos levou até as Cataratas. Durante todo o trajeto eram repassadas orientações do tipo : não alimente os quatis! ; Use o cinto de segurança! ; A vegetação existente…..; Na próxima parada…. e por aí vai. Todas as orientações eram repassadas em português, inglês e espanhol.

CATARATAS (1)

No ponto em que descemos, vimos o Hotel das Cataratas à direita e à esquerda, uma trilha por onde se acessa as quedas de água e um monte de quati pelo caminho. O lugar é simplesmente fascinante.

CIUDAD DEL ESTE

Ciudad del Este

Domingo definitivamente não é um bom dia de compras no Paraguay. Esse alerta a dona da pousada (Fabiana) já tinha nos dado. Mas como nossa vontade era apenas a de conhecer, pegamos a linha de ônibus internacional e fomos a famosa Ciudad del Este. Eu achava que encontraria uma cidade extremamente suja e bagunçada, mas encontrei um ambiente um pouco diferente. Ruas estreitas, um pouco de lixo e bagunça, mas nada fora do normal. O que me surpreendeu foi a vontade de vender do povo paraguaio. Nas 4 horas que fiquei lá, não fiquei nem 10 minutos sem ouvir um paraguaio ofertando algo para vender. Ví alguns diálogos do tipo:

Quer comprar uma meia? Não uso meia branca por que encarde. Não tem problema a gente tem preta também!

Quer comprar um Pen drive de 32Gb por R$ 25,00? Não, obrigado. E por R$ 20,00? Hoje não. Faço 2 por R$ 30,00! Já falei que não quero.

E depois de todo passeio terminado, no ônibus apareceu outro perguntando para cada passageiro: Quer comprar água?

Outra coisa que chama muito a atenção é a quantidade de crianças trabalhando nas ruas de Ciudad del Este e a quase inexistência de policiamento no local. Mesmo domingo estando com grande parte do comércio fechado é grande a quantidade de pequenos estabelecimentos comercializando seus produtos geralmente eletrônicos, calçados, tecidos e acessórios.

ITAIPU BINACIONAL

Após o almoço, fomos ao último destino desta viagem, a imponente Itaipu Binacional. Amada por uns (amantes do desenvolvimento/paraguaios que vendem energia ao Brasil) odiada por outros (atingidos por barragens) e por muitos anos considerada a maior usina hidrelétrica em funcionamento do mundo. Já na entrada do estacionamento a primeira taxa: R$ 10,00 de estacionamento. Na bilheteria pegamos nossas entradas ( R$ 26,00/ cada ), fomos assistir um filme institucional e seguimos para o ônibus, onde o guia nos levou para os lugares mais interessantes do lado externo da usina.

As 16:00h saímos em direção ao Ecomuseu, outro destino turístico incorporado a Itaipu Binacional. Um pouco da história de Itaipu, talento de artistas paranaenses e uma simulação do que seria uma turbina geradora de energia elétrica. Recomendo!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Não é a toa que Foz se configura como o segundo maior destino turístico do Brasil. Estrutura, hotelaria, alimentação, organização e fácil acesso aos principais destinos turísticos. O único ponto negativo é relacionado aos custos. Esperamos que lhe sirva de inspiração para fazer algo parecido. Tem alguma dica, sugestão, dica? Por favor, compartilhe nos comentários!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s