Como economizar energia elétrica?

Hoje resolvi mostrar um trabalho prático que fizemos no SENAI onde nossa equipe pode aprender muita coisa interessante. O trabalho consistiu na criação de uma empresa de consultoria em eficiência energética.O resultado disponibilizamos aqui neste post.

Qual foi nosso objetivo?

Nosso objetivo foi fornecer aos consumidores de energia elétrica residencial uma visão real do gasto com energia elétrica em suas casas e a conscientizá-los do racionamento da mesma em todos os momentos de utilização de seus equipamentos.

Como fizemos?

Dois clientes foram selecionados como estratégia de marketing e divulgação dos negócios na cidade. Reunimos uma equipe para realizar todo levantamento dos equipamentos e custos de energia elétrica de ambas as residências e desenvolver um plano de ação para redução dos gastos com energia elétrica.
No final dos trabalhos montamos um dossiê contendo todos os levantamentos de consumo e gastos financeiros com energia de cada residência e também um plano de ação. Algumas das propostas iremos destacar no próximo tópico.

Algumas dicas de economia

  • Imagem1

    A substituição da iluminação atual por LED (Diodos Emissores de Luz)

Até recentemente, os LEDs eram muito caros para serem usados na maioria das aplicações de iluminação, porque eles são feitos com material semicondutor avançado. Entretanto, o preço de dispositivos semicondutores tem caído na última década, tornando os LEDs uma opção de iluminação mais viável para uma grande variedade de situações. Embora inicialmente eles possam ser mais caros que as luzes incandescentes, seu custo mais baixo ao longo do tempo de uso faz deles uma melhor aquisição. Segundo diversos estudos, estima-se que cerca de 20% de todo consumo residencial parte da iluminação. Conforme apontado nas tabelas e infográficos nas próximas páginas, lâmpadas LED são em média 60 % mais eficientes que lâmpadas fluorescentes e até 90% superior às incandescentes.  Abaixo uma cotação com o preço médio de alguns modelos de lâmpadas LED na região:

Produto Potência(W) Valor
Lâmpada LED 15 W R$ 21,75
Lâmpada LED 12 W R$ 17,80
Lâmpada LED 10 W R$ 12,50
  • Revisão nas instalações elétricas

Quando se trata de instalações elétricas, sempre tem que estar bem conservado e ser instalado por pessoas capacitadas, de modo adequado para que não traga dano no seu imóvel. Uma instalação elétrica mal instalada pode trazer vários danos como incêndio, danos nos aparelhos eletrônicos, quedas de tensão, sobrecarregar a fiação, além de permitir fugas de energia.

  • Mudanças de hábitos de consumo
Geladeira
  • Não abra a porta sem necessidade ou por tempo prolongado.
  • Coloque e retire os alimentos e bebidas de uma só vez.
  • Evite guardar alimentos ou líquidos quentes na geladeira.
  • Não forre as prateleiras da geladeira com plásticos ou vidros.
  • Evite a formação de uma camada muita espessa de gelo, faça o degelo periodicamente.
  • No inverno, diminua a regulagem da temperatura.
  • Mantenha limpa a parte traseira, evitando utilizá-la para secar panos, roupas, etc.
Iluminação
  • Evite acender lâmpadas durante o dia; abra bem as cortinas e persianas e use ao máximo a luz do sol.
  • Use cores claras nas paredes internas da sua residência – as cores escuras exigem lâmpadas com potência maior (Watts) que consomem mais energia.
  • Prefira lâmpadas fluorescentes ou fluorescentes compactas, pois iluminam melhor, consomem menos energia e duram até dez vezes mais do que as lâmpadas incandescentes.
  • Apague sempre as luzes dos ambientes desocupados, salvo aquelas que contribuam para a segurança.
  • Limpe regularmente luminárias, globos e arandelas para ter um bom nível de iluminação.
Televisor, aparelho de som e computador, entre outros
  •  Televisão, som ou computador? Mantenha ligado somente o aparelho que você está utilizando.
  • Evite o hábito de dormir com aparelhos ligados.
  • Não deixe aparelhos ligados sem necessidade.
Ferro elétrico
  • Espere acumular uma boa quantidade de roupa e passe tudo de uma vez. Ligar o ferro várias vezes ao dia desperdiça muita energia.
  • No caso de ferro elétrico automático, use a temperatura de aquecimento indicada para cada tipo de tecido, iniciando sempre pelas roupas que requerem temperaturas mais baixas.
  • Deixe o ferro desligado quando não estiver em uso, mesmo por intervalos curtos.
Ar condicionado
  • Mantenha as portas e janelas fechadas ao usar o condicionador de ar.
  • A vedação do ambiente deve ser bem feita.
  • Limpe os filtros do aparelho periodicamente, para melhorar a circulação do ar e consumir menos energia.
  • Desligue o aparelho quando for ficar fora do ambiente por mais de uma hora.
  • Evite instalar o aparelho em local exposto aos raios solares.
  • Regule o termostato. O frio ou calor máximo nem sempre é a condição mais confortável.
  • A instalação de aquecedor solar (aproveitamentos do sol)

Foram obtidos três orçamentos quanto a instalação de aquecedores solares: dois na Pedra Azul Lazer e Decorações de Campo Mourão e um da Sol Lazer Piscinas. A Pedra Azul Lazer e Decorações forneceu orçamento de um aquecedor com tubo de vácuo no valor de R$ 4.180,00 (já inclusa a instalação) e outro com placa de vidro no valor R$ 2.800. A Sol Lazer Piscinas forneceu orçamento de um aquecedor solar com tubo de vácuo no valor de R$ 3.700,00. Abaixo as principais diferenças entre os dois principais tipos de aquecedor solar.

Tabela – Diferenças entre o Aquecedor Solar a vácuo e o Convencional

Aquecedor Solar a vácuo Aquecedor solar convencional (placa)
-> O coletor de vácuo possui grandes tubos de vidros que são isolados termicamente pelo que chamamos de vácuo;

-> Devido ao formato cilíndrico do tubo de vácuo, em qualquer horário de insolação, os tubos do coletor solar podem, de forma passiva, acompanhar a posição do sol durante todo o dia. Neste caso, possuindo menor reflexão, absorve maior a radiação solar;

-> Em sua aplicação residencial, observa-se a questão estética. Os módulos de vácuo ficam mais discretos em cima de um telhado. Além disto, permite que haja possibilidade de ampliação futura da capacidade de aquecimento do sistema aumentando-se apenas a quantidade de coletor solar, não havendo necessidades de acrescentar um tanque de água;

-> O coletor solar plano é feito a partir de uma estrutura metálica onde é apoiado o vidro e possui tubos internos de cobre (Aletas) onde a água é aquecida;

 

-> Um coletor solar plano apenas absorve energia em seu ponto máximo ao meio-dia, quando o sol está perpendicular a superfície do coletor solar plano;

 

Segundo empresas fornecedoras destes equipamentos, dependendo do projeto a economia de energia proporcionada, tem se o retorno do dinheiro investido variando entre 18 a 36 meses. Equipamentos do modelo acoplado costumam ter menor prazo já que o custo de implementação do projeto também é menor. Considerando uma vida útil do Aquecedor Solar estimada em 240 meses, o lucro real é muito grande.  Apesar das vantagens um dos cuidados fundamentais está relacionado à manutenção do equipamento e da existência de uma chave disjuntora exclusiva para o equipamento (evitando dessa forma que ele possa ser desligado quando não estiver sendo usado ou em época de pouco sol evitando o consumo desnecessário de energia elétrica).

  • Geração própria com painel solar

Foi obtido junto à empresa parceira Instalredes de Goioerê um orçamento referente à instalação de um painel solar capaz de obter geração média de 191 KW/mês. A residência está atualmente em reformas e após conversas, viu se que cliente deseja instalar um novo ar condicionado em sua residência e construir um novo banheiro. Com isso o consumo mensal tende a aumentar, justificando desta forma o investimento.

A microgeração distribuída em residências, comércios e indústrias foi instituída pela Resolução Normativa nº 482/2012 da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), o sistema de compensação de energia elétrica abrange projetos de microgeração – menor ou igual a 100 kW (mil Watts) – e minigeração – de 101 até 1.000 kW– a partir de fontes renováveis de energia elétrica, como hídrica, solar, eólica e de biomassa. Neste caso específico a concessionária de energia elétrica disponibiliza a Norma Técnica NTC 905100.

Conforme orçamento anexo a nossa proposta o custo total do equipamento, instalação e projeto do sistema gerador é de cerca de R$ 16.000,00. Em projeção de aumento médio de 6% ao ano no preço da energia elétrica, estima-se que o custo total da obra esteja pago em menos de 10 anos.

-> E você, o que faz para economizar? compartilhe sua opinião.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s